Sunday, March 20, 2005


Lá fora a chuva vai caindo. Vai jorrando lágrimas, a alma que quer ter e não tem, a alma que necessita e sofre por na mais fria noite, quem mais deseja. A lua vai longe da visão, o Sol não apareceu como que insinuando que é bonito de mais para o poder ver. Tu, também tu, estás longe. A minha alma ausente busca nestes pequenos momentos de solidão, a paz que a vida não lhe vai dando, deixando que o céu faça o que os meus olhos não conseguem , por tanto já o terem feito: chorar a tua ausência! Nunca a palavra saudade, teve tanto significado como aplicados a nós os dois. A ausência física, minorada com a presença que cada um de nós tem do outro nos nossos corações, dói e é inequívoca. A chuva que cái, a sombra que pousa, o vento que ouvimos, tudo isso lembra à minha alma nua que a peça de puzzle está algures por aí. Queria poder ser omnipresente. talvez no escuro, tocar-te na face e dizer-te o que sinto por ti, sentir o tactear dos teus dedos percorrendo todo o meu corpo. Talvez aí, a minha resiração ofegante te mostrasse o que realmente significas para mim. A simbiose em que vivo leva-me a um patamar mais alto na minha existência. Leva-me a aspirar a ser melhor, escrever melhor, ser maior, mais perfeito, mais rigorosamente detalhado, tudo para a teus olhos ser o maior dos homens. Sei que de virtudes não estou mal servido, mas talvez seja nos defeitos que posso vincar a minha posição. Por isso, peço-te desculpa por tudo o que faço e às vezes digo, mas não nem nunca foi propositado. Quero amar-te até ao meu ultimo suspiro, sentir o bater do teu coração por mim, ir mais além contigo fitando o Infinito, vencer as mais duras batalhas tendo-te a ti como aliado, por isso reafirmo para quem quiser ler, sentir, ou ouvir: amo-te! Fica comigo. Nunca me deixes. Apenas eu, Hugo! Posted by Hello

2 Comments:

Blogger CatarinaCarneiro said...

Nao comentei os outros, mas este vou comentar pelos 3! .. chuva chuva chuva... pk k tu so postas quando ta a xover??? tens comexar a postar quando ta sol... para ver s te animas e comexas a escrever algum menos trist e menos pensativo! =P Beijoca

6:56 AM  
Anonymous Tania Carvalho said...

Não devias tar à espera que te escreve-se, mas a verdade é que tenho muitas saudades tuas..
Sinto falta das nossas conversas e que nunca percebi porque paramos de falar..
Não sei se sentes o mesmo que eu mas por favor se sentires manda msg..
Em relação aos teus textos...
Enfim, és mesmo tu....
E tu sabes que eu também sou assim, e que amo a chuva..
Mas diz-me quem é essa que tanto amas??
Alguém do passado?
Mts jinhos e por favor diz alguma coisa

1:41 AM  

Post a Comment

<< Home